Garden (tradução)

Original


Ziggy Marley

Compositor: Ziggy Marley

No jardim de retidão
Onde lamentar é aprender
Lá o mau não é nenhuma competição (Nenhuma competição)
Nós os conquistamos tudo

Jah não poupam a vara assim o homem não pode deteriorar
Jah não poupam a vara assim o homem não pode deteriorar

No jardim de maldade
Você colhe o que você semeia
Lá as mocidades deveriam ousar não vá
Se lembre do que você sido contado

Jah não poupam a vara assim o homem não pode deteriorar
(Jah não poupam a vara assim o homem não pode deteriorar)
Jah não poupam a vara assim o homem não pode deteriorar
(Jah não poupam a vara assim o homem não pode deteriorar)

No jardim de fertilidade
Você planta e cresce, yeh
Lá morte está de nenhuma ameaça
Vida já flui

Jah não poupam a vara assim o homem não pode deteriorar
(Jah não poupam a vara assim o homem não pode deteriorar)
Jah não poupam a vara assim o homem não pode deteriorar
(Jah não poupam a vara assim o homem não pode deteriorar)

No jardim de felicidade
Onde vida está a isto é melhor (Ha, ha, ha, ha)
Desespero é longe de próximo
Eu sou grátis de todos os cuidados materiais

Jah não poupam a vara assim o homem não pode deteriorar
(Jah não poupam a vara)
Jah nunca poupam a vara assim o homem não pode deteriorar
(Jah não poupam a vara, Jah não fazem, Jah não fazem)

No jardim de retidão (Ooh, ooh, ooh, ooh)
Onde lamentar é aprender
Lá o mau não é nenhuma competição (Nenhuma competição)
Nós os conquistamos tudo

Jah não poupam a vara assim o homem não pode deteriorar
(Jah não poupam a vara assim o homem não pode deteriorar)
Jah não poupam a vara assim o homem não pode deteriorar
(Jah não poupam a vara assim o homem não pode deteriorar)

Jah não poupam a vara assim o homem não pode deteriorar
(Jah não poupam a vara assim o homem não pode deteriorar)
Jah não poupam a vara assim o homem não pode deteriorar
(Jah não poupam a vara)

Nunca poupe sua vara de mim
(Jah não poupam a vara)
Nunca poupe sua vara de mim
(Jah não poupam a vara assim o homem não pode deteriorar)

Jah nunca sobressalente que vara de mim
(Jah não poupam a vara assim o homem não pode deteriorar)
Eu preciso desesperadamente agora isto
Nunca, nunca, nunca

©2003- 2018 lyrics.com.br · Aviso Legal · Política de Privacidade · Fale Conosco desenvolvido por Studio Sol Comunicação Digital